segunda-feira, 9 de março de 2009

Um pouco sobre paixão...

Quem me conhece sabe bem que eu sou um ser naturalmente apaixonado: pela vida, pelas coisas, pelas pessoas. Alguns assuntos têm o poder de mobilizar as minhas forças, mexer profundamente com o meu coração... Crianças por exemplo! É só olhar pra minha cara babando quando eu vejo passar pela minha frente um pimpolhinho ou uma pimpolhinha... um cidadãozinho em potencial, um serzinho em contrução, em plena fase de descoberta e de crescimento desse mundo lindo que Deus criou (sim, eu acho este planeta uma belezura - pelo menos ainda o é - e creio piamente que foi o Papai do Céu quem fez isso tudinho pra nós). Falando nEle... O PAPAI!!! Pra alguns Ele não existe, outros têm uma visão totalmente distorcida de quem Ele é: ou dão ênfase ao Seu amor, bondade e misericórdia - esquecendo que Ele também é, em Sua essência, JUSTIÇA. Por outro lado, há pessoas que crêem em um Deus carrasco, vingativo, violento - o que não tem absolutamente nada a ver com o PAIZÃO com quem eu converso todos os dias... Amo e sou apaixonada por Ele!
Tenho outras tantas paixões... Algumas mal resolvidas, como por exemplo, por CONTRABAIXO. Ele está contido na minha paixão pela música, por isso eu nem me entristeço tanto por não poder estar mais próxima dele... Esclarecendo: eu amo baixo mas uma tendinite mal-vinda no meu pulso esquerdo fez com que eu desistisse de tocar, tamanha a dor que eu sentia. Fiz aula de baixo, violão, teclado, canto, teoria musical - aluna mediana em todas as modalidades simplesmente porque nunca consegui me decidir finalmente por um único instrumento! Eu sempre quero tudo-ao-mesmo-tempo-agora e o preço é você não se especializar em nenhuma área! Saber um pouco de tudo e muito de nada.
Daí eu poderia citar a minha paixão pelas Artes em geral, mas também não consigo me dedicar a uma apenas: amo Teatro, Artes Plásticas... amo muito, amo tudo! E haja coração!!!
E os livros... Meu Deus... Perdi a conta de quantos livros eu li desde que aprendi "as sagradas letras" aos cinco anos de idade! Já cheguei a ler cinco livros ao mesmo tempo (entre bibliografias nos tempos da Faculdade, Teológicos, Romances)... Incontáveis e insuficientes! Tem tanta coisa que eu gostaria de ler mas não há tempo discponível ou o cansaço não permite o real proveito dos escritos... Paixão, paixão, paixão, paixão...
Os rapazes... ah, quanta história! Quando adolescente me apaixonava a cada esquina. E desapaixonava logo em seguida. Sempre fui uma obsevadora atenta dos tipos humanos: um gesto, um rosto, um corpo, um olhar e lá eu ia apaixonar-me outra vez... Os espécimes do sexo masculino, naturalmente, me causavam maior impacto e despertavam maior interesse... Mas ficava 99% só na base de Platão mesmo. E mais: em 95% dos casos o outro nunca nem soube; até porque esse negócio de paixão é um negócio muito egoísta!!! A gente se apaixona e quer ser suprido, satisfeito em nossos caprichos. A paixão não faz ninguém se entregar pelo outro - faz querer sugar o que outro tem pra oferecer até a última gota - e o que é mais comum: abandonar logo depois... O que impulsiona a entrega é outra coisa, mas deixemos pra outra ocasião a explanação acerca deste outro assunto.
E voltemos às crianças: elas me são a fonte da juventude! Acho que é isso que eu "sugo" delas: o vigor, a alegria, a vitalidade. Dificilmente alguém acerta a minha idade (não que eu esconda, muito pelo contrário!), sempre me atribuem um número menor de anos do que os que contam a partir da data do meu nascimento... Graças às crianças, aos meus pupilos, à paixão que tenho pelo meu trabalho! Viva!
São tantas as paixões... Poderia escrever sobre elas, sobre os meus impulsos, sobre os meus desatinos, sobre inúmeras desilusões, frustrações, encontros, desencontros, começos e recomeços... Mas vou finalizar o post com a minha paixão por ela... Complicada, às vezes dura, árida mas "sempre desejada... por mais que seja errada... ninguém quer a morte; só saúde e sorte! (...) é a VIDA!!! É bonita e é bonita!!!"
Sou apaixonada pela vida! É dela que eu quero sugar o mel até a última gota, até o último suspiro, até onde Deus permitir e mandar!!!
gonzaguinha - o que é o que é

2 comentários:

maria laura ( a má ! ) disse...

Ah, paixão, paixão ...
Eu acho que estou na fase de me apaixonar e desapaixonar a cada esquina. Ta mais ou menos por ae mesmo viu ! Até postei sobre isso: Amo todo mundo e não amo ninguém . É mais ou menos sobre isso também !
Mas enfim, um dia, acharei uma paixão que se transformará em amor de verdade ! (: Um diiaa ... ! hahaha !

beeijos ! =*

Kézia disse...

Selo para vc. ;)

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com