segunda-feira, 26 de outubro de 2009

AMOR (Khalil Gibran) Quando o amor te chamar, segue-o. Mesmo que seus caminhos sejam difíceis e íngremes. E mesmo quando suas asas te envolverem, deixa-te vencer, Mesmo que a sua espada oculta te fira e te prenda. E quando ele falar, acredita nele, Mesmo que a sua voz possa abalar teus sonhos como o vento Norte agride o jardim. Porque o amor, mesmo quando te coroa pode te crucificar. Ele te ajuda a crescer, mas também faz a poda. [...] E ele então te oferece como sacrifício no seu fogo Para que te tornes o pão santo da festa sagrada de Deus. Todas essas coisas o amor te fará para que possas conhecer o segredo do teu coração e, nessa descoberta, te tornes um fragmento do coração da vida.

0 comentários:

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com