quinta-feira, 22 de outubro de 2009

.. Poema infantil O poema tem que ser feito a lápis, para que a criança apague uma guerra e construa um castelo. O poema tem que ser preto e branco, para que a criança ponha mar e floresta, ou faça um sol azul e uma lua dourada. O poema tem que vir sem pontuação para que a criança ponha ponto final naquela bronca, e abra um parêntese imenso, cheio de canção. O poema tem que ser curto, para que, sobre muitas linhas em branco, a criança construa um outro mundo.
(Raquel R. de Souza - Uberaba/ 1984)

0 comentários:

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com