quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Protesto do fundo do "peito"...

Tava aqui pensando (redundância)... A vida não é justa (maioria das pessoas não gosta quando falo assim)... Mas veja bem (pausa grave): minha mãe contou meses atrás sobre uma prima nossa, mais ou menos distante, que estava se sentindo meio "diminuída", andava meio cabisbaixa por causa do tamanho dos seus seios. Abre parêntese. Diz um certo amigo meu que a "comparação é prima-irmã da inveja". Fecha parêntese. Então... a menina andava depressiva, triste, envergonhada diante das colegas (peitudas) da faculdade por causa do busto DES-avantajado. Novo parêntese. A génética foi muito benevolente com as mulheres da família da minha mãe, sob alguns aspectos: pernas torneadas, cintura fina, quadris largos, pele resistente às rugas e demais sinais da idade, de forma que de maneira nenhuma se aparenta ter a idade que tem... Entretanto, em matéria de SEIOS... Bem, este não é o nosso principal atributo. Geralmente nossas parentela feminina desenvolve plenamente as mamas após ter filhos (como no caso da minha mãe). A nós outras, ainda não abençoadas com o privilégio da maternidade, restam os sutiãs de enchimento pra dar um voluminho extra nas blusas. Fecha parêntese.
O fato é que a vovó da moça, comovida com o mal-estar provocado pelos não-peitos que ela tinha, desembolsou certa quantia para que esta fizesse a cirurgia para a implantação das próteses de silicone. Problema resolvido. Auto-estima elevada. Família feliz. Você me pergunta então o que a IN-justiça da vida tem a ver com isso ou comigo... Respondo: a pós graduação dos meus sonhos custa mais ou menos o equivalente ao valor dos "peitões" da minha prima. E eu sinceramente ando bastante complexada com o fato de ter conhecimento, experiência e vocação para uma área - maaaaaaaaaaaaaasss... ainda não ter o diploma que me abra portas mais largas, profissionalmente falando. Abre parêntese outra vez. Não recrimino nem acho absurdo. Seja ela feliz com o silicone e tudo mais. Fecha parêntese. Mas fica aqui o apelo. Quem sabe alguma alma boa não se compadeça e resolva empilhar algumas centenas de garoupas afim de que a deprimida Pedagoga aqui tenha muito mais que a sua auto-estima elevada?
^^

1 comentários:

Liliane Godoi disse...

Meoooooo Deussss!! Que lombra!! kkkkkkkkk
Amo

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com