domingo, 3 de janeiro de 2010

Virada de ano

Perfeito! Minha primeira "meta" do ano surgiu de uma vi-ra-da inusitada. Por mais louco que possa parecer, o Geraldo Azevedo tocou exclusivamente pra mim na madrugada de 31/12 para 01/01! Eu explico: é que todo mundo saiu (meu irmão e minhas irmãs) depois da ceia com a família e eu fiquei em casa com os meu pais. Deitei no sofá, abracei a minha almofada lilás e fiquei assim "meio longe", trocando os canais da TV. Contagem regressiva, coisa mais chata! Fogos? Só o meu pai mesmo, que foi lá pro portão (muito animado) ver os fogos do condomínio que temos enfeitando os horizontes daqui da redondeza de onde eu moro... Minha mãe tomou chá e sumiço por alguns minutos - apareceu alguns minutos depois de passada a euforia do povo, das felicitações e coisa e tal... Eu nem me movi; fiquei bem quietinha onde estava. Mudando os canais (sei lá em busca do que, porque em dias de fim de ano, as programações são incrivelmente repetitivas e sem nehuma graça), percebi que estava passando na TV Senado um programa chamado TALENTOS - um especial com o Geraldo Azevedo. Gente, eu ouço as músicas dele desde criança! Larguei controle remoto pra lá e simplesmente "colhi" o achado. Música após música. Depois passou uma ideiazinha pela minha cabeça> eu era prvavelmente a única criatura na face da Terra que estava assistindo um programa da TV Senado em plena virada de ano!!!! Foi tão absurdo, tão óbvio - e ao mesmo tempo tão honroso pra mim - porque, imagine, o Geraldo tava tocando exclusivamente pra mim, se o meu palpite estiver certo(!)- que eu fiquei pasma!E muito contente. E realmente impressionada com a qualidade musical!!! Tracei como meta para este ano: assistir a um show ao vivo dele! Sim, senhor. Isso eu quero, quero sim... (E cá prá nós, até hoje, todas as coisas que eu coloquei na cabeça que ia fazer... ah, rapaz!!! Eu fiz mesmo!). Assim que cumprir a minha palavra, posto a respeito. Enquanto isso... um solo maravilhoso e uma música que fica muito bem também na voz do Zeca Baleiro...

Bicho de 7 Cabeças Composição: Zé Ramalho

Não dá pé, não tem pé nem cabeça/ Não tem ninguém que mereça, não tem coração que esqueça/ Não tem jeito mesmo/ Não tem dó no peito, não tem nem talvez/ Ter feito o que você me fez, desapareça/ Cresça e desapareça

Não tem dó no peito, não tem jeito/ Não tem coração que esqueça/Não tem ninguém que mereça/ Não tem pé, não tem cabeça/ Não dá pé, não é direito/ Não foi nada, eu não fiz nada disso e você fez um/ Bicho de sete cabeças Não dá pé, não tem pé nem cabeça/ Não tem ninguém que mereça, não tem coração que esqueça/ Não tem jeito mesmo/ Não tem dó no peito, não tem nem talvez/ Ter feito o que você me fez, desapareça/ Cresça e desapareça

Não tem dó no peito, não tem jeito/ Não tem ninguém que mereça, não tem coração que esqueça/ Não tem pé, não tem cabeça/ Não dá pé, não é direito/ Não foi nada, eu não fiz nada disso e você fez um/ Bicho de sete cabeças

1 comentários:

osvjor disse...

vi muito show do Geraldo Azevedo no tempo em que se amarrava cachorro com linguiça...

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com