sexta-feira, 14 de maio de 2010

Desacelerou

Quarta-feira à tarde...
Lá vou eu desembestada descendo as escadas do prédio onde trabalho, hora do lanche, eu morrendo de fome e no último degrau... olha que situação: torci o pé! Vê se pode? A vida toda corrida, cheia de coisa pra fazer, o fim-de-semana inteirinho programado e naquela hora eu só conseguia ver as estrelinhas girando em volta da minha cabeça, enquanto me arrastava prum cantinho mais discreto e pedia um saquinho de gelo pra "tia" da cantina. Teimosa que sou, apliquei o gelo, calcei o tênis e ignorei a dor. Esqueci de lanchar. Subi de volta pra sala e encerrei o dia. Putz, mas ainda tinha aula à noite e pra falar verdade, depois que o sangue esfriou é que as estrelinhas se multiplicaram - tava doendo pra caramba e bem inchado também. "Quer saber? Vou pro hospital." E fui. Saí de lá com uma bendita tala de gesso e a proibição severa: não colocar o pé no chão, pelo menos durante os próximos seis dias.
Peraí, meu! Com os meus dois pés fincados no chão eu já sou avoada, adivinha então nessa situação de double de Saci... Tudo paralisado. Tudo. Monte de coisas pra resolver e eu aqui trancada em casa! E nem tive a ousadia de lamentar... Sinceramente, eu precisava mesmo de uns dias, de uma desacelerada. Forçada mas providencial. O ritmo frenético em que eu estava vivendo ia acabar me nocauteando e hoje, apesar de chateada com a impossibilidade de ir sequer até a esquina, eu agradeci a Deus. Tem uma pilha de livros e DVDs amontoados sobre a minha cama - eles vão me fazendo companhia até o dia libertar o meu pezinho da tala incômoda.
.
.
.
A parte engraçada da coisa: na saída do hospital, a doida da minha irmã dando cavalinho de pau com a cadeira de rodas (muito mais engraçado se ela não estivesse pilotando a bendita comigo à bordo!). Hahahaha! Tiramos foto e tudo. Pessoal daqui de casa gira bem da cabeça não! E quando meu irmão foi nos buscar, a notícia em primeira mão: vamos ser TIAS!!! Eita p*rraaaaaaa!!!! Antes do Natal deste ano tem bebezinho novo na família. Precisava mesmo era ver a cara da minha mãe quando soube que ia ser avó... só não caiu porque já estava sentada!!! Hahahahaha...
.
.
.

0 comentários:

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com