sábado, 19 de junho de 2010

Faça!

Geeeeeeeente, eu fui! Eu fui, eu fui, eu fui, eu fui, eu fui!!!
Quando fiquei sabendo que o LENINE tocaria em Brasília e ainda por cima na base do 0800, quase endoidei meio mundo de gente, arranquei a tala do pé antes do tempo (observando obviamente a cara de espanto do meu pai) e fui. Sozinha. De ônibus. Mas fui! Andei a feira toda (adoro feira), vi muita coisa e muita gente bonita... Circulando por lá, ainda descolei um cantinho onde dava pra ver (e ouvir) Lenine passando o som com a moçada, de chinelo, bermuda e camiseta. Era sonho meu e uma das metas para este ano. Já que perdi a apresentação de Geraldo Azevedo (que esteve por aqui semana passada), uma oportunidade como essa é que eu não ia deixar passar.
Fui. Mas antes do show do Lenine, realizei outro sonho: assisti a uma apresentação da Cia. Carroça de Mamulengos. Chorei um bocadinho porque já fazia uns cinco anos ou mais que eu tentava aproveitar uma passagem deles aqui pela capital e nunca dava certo, Dessa vez deu TUDO certo e eu fiquei lá, sendo criança de novo, deixando escorrer a lagriminha fugidia e teimosa. Pude olhar em volta e ver o brilhinho nos olhos de quem parou pra conferir. Demais!
Mas a noite ainda tinha a promessa de ver o pernambucano maravilhoso arrasar no palco. E como arrasou! Lenine é um destes artistas raros, capaz de misturar folclore, batida de maracatu com guitarra e distorção de modo absolutamente harmônico. Toca e canta magistralmente. Que Jimmy Hendrix que nada, quem porventura será Mick Jagger? Aqui em terra tupiniquim tem um letrista, instrumentista e cantor pra não ficar devendo nada a ninguém de fora.
Sou suspeita. Amo.
Sem mais.


Lenine - Do it
.
.
.
* P.S.: Deixei pra ver O Teatro Mágico em outra ocasião. Foi ficando tarde, frio de doer e antes que a carruagem resolvesse virar abóbora novamente,  fui embora.

3 comentários:

Anônimo disse...

olá mestra! muita coisa acontecendo, como vc mesma diz. já soube das novis, li o artigo mas não entendi pq a assinatura em pseudônimo. só soube que era de sua autoria por causa do estilo. mas enfinssss...

ponto pra ti! lenine é o máximo e eu acompanho na babação! o teatro mágico é daqui de sp (coisa q vc deve saber). já os vi; fantásticos... qdo vier a sp, te levo lá (isso se eles estiverem por aki). vc vem?

mas hein, li algo sobre "coisas que mexem com o seu coração"... impressão minha ou alguém por aqui deu fim num canteirinho de cactos e jilós???

a pessoa "indesejável" porventura sou eu??? haahahahahahahahah...

miss u

carol venturini

Carol Venturini disse...

guria!!!

olha a sua caixa de e-mail, casseta! agiliza a resposta!

>P

Viviane Zion disse...

heheeeeeeeeeeey! doidice alheia tem limite não, minha cara!
mas quem foi que falou em coração??? eu estava me utilizando de linguagem FIGURATIVA. não confunda as coisas...

:P

sempre olho os e-mails!

lenine é o que há!!!! uhuuuu...

pessoa indesejável? você? hahahaha...né não! é outra!

são paulo, julho, talvez. sei ainda não.

recife dezembro, CERTEZA!

shalom

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com