quarta-feira, 14 de julho de 2010

1975, janeiro, 2

Reflexão do dia. Não existem mais crianças. Todas são terrivelmente adultas. A televisão lhes conferiu maioridade, à revelia das leis e do desenvolvimento natural.
Também quase não existem mulheres. A maioria acha que, imitando os homens, conquistam independência. Sacrificaram graças específicas e não alcançaram independência. Muitas são objetos sexuais, que vêem nos homens objetos sexuais. Valeu a pena?
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Não, não é de minha autoria. É de Carlos Drummond de Andrade. Li dia destes, num diário publicado livro.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

2 comentários:

Carol Venturini disse...

vc qdo quer vai "no osso"! pelamordosmeusfilhinhos...
hahahaha

mas vc é feminsta,machista ou o quê??

xêro

Viviane Zion disse...

vou lám no tutano, florzinhaa...

sei lá... sou feminina!

bjo e saudade ruiva eterna.

:)

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com