quarta-feira, 11 de agosto de 2010

MORAL CONTRARIADA PELA VONTADE*

Sempre que a VONTADE da gente é contrariada (DESEJOS EGO DISTÔNICOS ou DESEJOS HOMOSSEXUAIS) ou DESEJOS QUE VÃO CONTRA A MORAL, isso vai contra a MORAL e pessoa vai desencadeando uma doença mental progressiva como ESQUIZOFRENIA, TRANSTORNO BIPOLAR, TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO , TERROR PÂNICO, COMPLEXO AUTÔNOMO, PESSOA COMPLEXADA, SÍNDROME DE TOURETTE, entre outras.
Seja o DESEJO EGO DISTÔNICO manifesto através de masturbação ou de relações homossexuais, a NEUROSE ou PSICOSE, segundo Freud falava, produz uma doença mental.
Os homossexuais NÃO tem doença , mas os NEURÓTICOS E PSICÓTICOS tem. O raciocínio de Freud foi perfeito. Se você quebrar a MORAL, ou quebrar o DESEJO, desaparece o CONFLITO entre ambos!
Freud errou apenas em tentar quebrar a MORAL que é inquebrantável, por isso deve-se quebrar o DESEJO, e não reprimí-lo.
Eu não preciso perguntar se uma pessoa SE ela tem uma NEUROSE ou uma PSICOSE. É só ver se a pessoa está dançando em uma sala, sem conseguir parar em pé sem se mover, ou se fica tilintando os joelhos quando sentada.

Assim sendo não a sexualidade é importante, mas a doença mental desencadeada pela VONTADE CONTRARIADA que produz doenças mentais que transformarão a vida da pessoa em um verdadeiro inferno. Tem de ser freita a ablação do desejo homossexual .

A MORAL é inquebrantável. O DESEJO HOMOSSEXUAL é que tem de ser DESTRUÍDO - não REALCADO OU REPRIMIDO.

*Por Dr. Magnus Amaral Campos


>>> Alguma pergunta?

1 comentários:

osvjor disse...

eu tenho uma pergunta: que diabo é isso?

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com