sexta-feira, 11 de novembro de 2011

O riso do anjo e a Lua...



Estive meio que anestesiada hoje. Não sei se foi a semana e a Lua de ontem. Não sei se foi a Lua de ontem e a Lua de hoje mais a semana. Não sei se foi a semana, a Lua e o sorriso de um anjo. Ou se era o sorriso de um anjo mais a semana e a Lua...

Céu claro, noite enluarada ontem. Eu caminhava em direção à minha casa e olhava pro céu - era a Lua. Dia claro, céu parcialmente nublado - hoje: eu caminhava em direção ao meu trabalho e olhava a Lua. Não lembro se era só o fascínio exercido pela Lua ou havia algo mais.

O problema é que me vi parada, olhando aparentemente para nada, minutos atrás - pensando na Lua e no sorriso de anjo, que resgatou a minha parte "alma" da frieza na qual eu andava mergulhada e me trouxe de volta à tona para respirar.

Era isso! O sorriso do anjo tinha o brilho da Lua! E então era por isso também que eu olhava a Lua - e ria, lembrando a risada angelical. Comparo assim aos seres etéreos porque estes se encontram fora da realidade e do alcance das mãos de seres humanos. E eu sinto tanto...

Um sorriso assim não existe em lugar qualquer na face da Terra! Um riso aberto que tira o fôlego e eleva os pés do chão: era música aquele riso! Execução de melodia ainda não captada pela imaginação humana; jamais sentida, jamais composta, nem pelo mais exímio músico...

0 comentários:

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com