segunda-feira, 26 de março de 2012

Paixão por livros

Recebi via correio eletrônico agorinha há pouco dois trechinhos de livro. A Rafa* enviou. Penso que se uma pessoa que me conhece há tão pouco tempo emprega tempo e gentileza para selecionar trechos de livros e enviar-me por e-mail, há probabilidade grande de esta pessoa ser alguém muito especial. Ou ela me considera alguém especial. Ou as duas coisas.
 
Sábado passado vivi uma saga em busca de dois livros para dar corpo às argumentações do relatório de estágio da Pós-Graduação, até aí nada de estranho... O problema é que meu estado não favorecia melhores interações e ainda tive que rodar metade do Distrito Federal até encontrar os benditos volumes. Para minha sorte eu tenho amigos (no caso, amigas: a Poli e a Rafa) que me acompanharam durante a odisseia. Dentro de uma livraria badaladíssima daqui de Brasólia, eu e Rafa conversávamos sobre a fascinação que os livros exercem sobre nós...
 
Sono, cansaço, esgotamento físico e nervoso: sem elas eu não sei se teria concluído a jornada! O que sei é que uns tempos pra cá tenho me sentido deveras uma criatura muito especial. Cercada de amigos especialíssimos, todo dia é uma alegria levantar-me da cama e saber que as horas serão preenchidas em companhia de quem me acrescenta muito. Não tem dia ruim; ando numa fase muito boa! Sem mais delongas, seguem trechos.

* Rafa(ela) é (minha) colega de curso.
 
FOME

De repente senti muita fome. Não de comida, mas de todas as palavras escondidas naquelas estantes. Mas eu sabia que, por mais que eu lesse por toda a minha vida, nunca conseguiria ler um milésimo de todas as frases que já foram escritas. Sim, pois há tantas frases no mundo como há estrelas no céu. E elas se multiplicam e se expandem continuamente, como o espaço infinito.
Mas ao mesmo tempo eu sabia que a cada vez que eu abrisse um livro, eu veria um pedacinho desse céu. Sempre que lesse uma frase, saberia um pouco mais do que antes. E tudo o que leio faz o mundo ficar maior, ficando maior eu também. Por um momento, eu contemplei o fantástico, o mágico mundo dos livros.
 
Jostein Gaarder e Klaus Hagerup in A Biblioteca Mágica de Bibbi Bokken
 
"Passeio pelas estantes da biblioteca. Os livros me dão as costas. Não para me rejeitar, como as pessoas: são convidativos, querendo apresentar-se a mim. Metros e mais metros de livros que nunca poderei ler. E sei: o que aqui se oferece é a vida, são complementos à minha própria vida que esperam ser postos em uso. Mas os dias passam rápido e deixam para trás as possibilidades. Um único desses livros talvez bastasse para mudar completamente a minha vida. Quem sou eu agora? Quem eu seria então?”

3 comentários:

Joselito Nascimento Otílio disse...

Vivi... Me perdoe a ousadia em te chamar assim, mas me sentir tão familiarizado com a forma com que você posta, com a beleza do teu blog, por ser dona de uma beleza incomum... Sem exageros... Confesso à você que encantou um blogueiro acima de tudo por gostar tanto de livros. Sou tão apaixonado por eles que você nem imagina. Em cada livro que leio, jamais permaneço vazio porque cada um dele trás uma lição ímpar e essas lições de fato são para poucos que tem essa honra e esse privilégico de ganhar tempo lendo um poema, uma poesia, um romance ou quem sabe mesmo o mais difícil dos livros que nossa faculdade em algum momento nos obriga a ler. Viviane... Eu poderia passar hora e horas aqui tecendo contigo sobre essa prática que poucas pessoas degustam, mas vamos dá tempo ao tempo e na medida que formos estreitando laços através das visitas aos nossos blogs,poderemos de fato, ocupar e ganhar mais tempo lendo o que postamos.
Parabéns pelo blog e quero fazer deste espaço minha morada, se você permitir, é claro!?
Ah... Quero te convidar a conhecer meu espaço de poemas e poesias também e deixar seu recadinho por lá... Além de seguir, é claro!
www.joselitootilio.blogspot.com

Rafaela Pires disse...

Vivi, além de achar incrível a leveza como você escreve e descreve suas emoções e sensações, fiquei emocionada ao ver que se lembrou de mim e que algo que fiz por prazer teve importância. Considero você muito bacana e especial, se sou ? Deus, o acaso, o destino devem colocar pessoas na mesma sintonia juntas. Beijocas de Farfalle

Viviane Zion disse...

Tô dizendo que eu ando cercada de gente muito especial... ^^

Obrigada, Joselito, pela visita, pelo carinho...

E Rafa... certeza de que você é especialíssima! **)

Vivi.

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com