terça-feira, 17 de julho de 2012

Realejo

Sei lá o que foi... só sei que eu estava aqui
e você estava lá. E nessas ondas do destino
que mudam tudo do lugar, o que era longe
ficou perto, complicado de separar.

Será que a sorte virá num realejo?
Trazendo o pão da manhã
A faca e o queijo
Ou talvez... um beijo teu
Que me empreste a alegria... que me faça juntar
Todo resto do dia... meu café, meu jantar
Meu mundo inteiro...
que é tão fácil de enxergar... E chegar
Nenhum medo que possa enfrentar
Nem segredo que possa contar
Enquanto é tão cedo
Tão cedo
Enquanto for... um berço meu
Enquanto for... um terço meu
Serás vida... bem vinda
Serás viva... bem viva
Em mim
Será que a noite virá num vilarejo
vejo a ponte que levará o que desejo
admiro o que há de lindo e o que há de ser... você
Enquanto for... um berço meu
Enquanto for... um terço meu
Serás vida... bem vinda
Serás viva... bem viva
Em mim
"Os opostos se distraem
Os dispostos se atraem"

2 comentários:

VERINHA disse...

Oi Viviane, tudo bem?
Que letra linda é essa, adoro.

Estava sem net desde sabado, afff estava maluca, como me fez falta.

Dias de muita harmonia beijinhos amiga.

Clesia Coelho disse...

oiiiiii!
pASSEI PARA DEIXAR MINHAS SAUDADES, QUE MESMO SUMIDA EU NÃO ESQUEÇO DE VC. bEIJINHOS DA SUA AMIGUINHA CLESIA

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com