domingo, 16 de setembro de 2012

Domingo é dia

Eu estava aqui pensando na vida, enquanto o sol escaldante do Planalto Central consome o que ainda tenho de juízo. Tem feito um calor angustiante aqui no DF! A temperatura alta e a secura do ar causam vários efeitos (bem indesejáveis, por sinal) à nossa saúde: um deles é essa preguiça infinita, essa moleza no corpo que tira a vontade de fazer - das coisas mais simples às mais complexas.

Essa semana decidi levar a sério uma promessa que fiz a mim mesma. É que depois de terminar os dois cursos (simultâneos) de pós-graduação, tracei a meta de ler apenas coisas leves e despretensiosas até o final do ano. Confesso que não foi fácil (nem está sendo) de me desarraigar dos cânones acadêmicos; parece-me que é uma espécie de vício ou nódoa que se aprega (é, foi isso mesmo o que quiz dizer: se aprega) intimamente à nossa essência e quando se vê, caminha-se novamente em direção ao rigor das normas e técnicas. Eu é que sei...

Separei umas leiturinhas básicas aqui e espalhei ao alcance dos olhos e das mãos. Já que não assisto TV, me sobram as ondas da internet ou do rádio e os livros. Bem penso eu que o que me sobra é a melhor parte, mas não vamos discutir tal assunto por agora. Basta dizer que na melhor fase da minha vida (esta) tenho o prazer de me dar ao luxo de fazer escolhas melhores. Ando muito feliz e é só isso, não há muito o que declarar.

0 comentários:

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com