terça-feira, 2 de abril de 2013

Lampejo

De tempos em tempos eis que ouço uma voz suave a me chamar, a me guiar. Não é voz audível, assim, pelos canais naturais da audição humana. É como um sussurro suave captado pela alma, algo discernível somente na camada mais profunda entre a matéria e o espírito. Não tenho como explicar. É como se as coisas se explicassem assim, sem explicação e nem palavra.

Hoje, numa distração lampejante distraída eu ouvi assim essa tal voz - e mais: visualizei causa e razão pras coisas; enxerguei passado-presente-futuro numa fusão de sentidos e destinos. Fui feliz completamente por um segundo, sabendo num lugar entre a loucura e a razão que há tempo, hora e ocasião para tudo, que tudo tem um porquê e que as pessoas não se encontram em vão nessa vida.

Por um segundo a mais então, fui feliz.

0 comentários:

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com