sexta-feira, 10 de maio de 2013

Dá a mão?

Amanhece e as primeiras flechas de claridade penetram a vidraça do quarto. Daqui a alguns minutos o despertador vai tocar - sei que são poucos mas não tenho como precisar quantos. Quando toca, eis que me vem o primeiro questionamento: que dia é hoje? Quantos faltam?Como a musa diz na canção: "o tempo pirraça". É isso: pura pirraça quando quero que ele acelere (um pouco) para eu ver lá o que vem pela frente.

O que era impensável há um ano, hoje não me sai do pensamento. É o primeiro suspiro do dia ao verificar o calendário. É o maior salto em direção ao desconhecido que já dei até hoje, sem levar capacete nem paraquedas (é assim mesmo que se escreve?). É ápice do turbilhão emocional que me sacudiu nos últimos cinco anos: cheguei ao fim de uma "era" na minha vida e o início de outra.

0 comentários:

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com