domingo, 21 de dezembro de 2014

Uma outra história pra contar

Muito tempo sem postar, o blog anda meio abandonado. Não porque falte assunto ou um causo a ser narrado mas é que este ano foi mais da prática do viver que da de espalhar as boas novas...

Se alguém arriscasse prever, há sete anos, a sucessão de acontecimentos que culminariam neste 2014 maluco, eu simplesmente riria sem parar, nervosamente, incapaz de imaginar tamanho absurdo!

De fato: minha vida mudou tanto de uns tempos para cá, que olhando o blog e as antigas postagens, a impressão que tenho é que leio os escritos e as memórias de uma outra pessoa. Nem eu sabia que EU era assim. Nem sequer imaginava que o fator TEMPO pode transformar uma pessoa de tal maneira, a ponto de deixar certas coisas muito vívidas, muito íntimas, tornarem-se um pouco deslocadas e estranhas para quem as viveu.

Neste ponto é muito bom ter um blog. Poder aventurar-se numa análise de fora para dentro das coisas que se passaram (principalmente de dentro). Por isso mesmo não deletei. Por isso mesmo valorizei cada letra, cada frase.

Entre uma vontade e outra de deletar para sempre ou recomeçar outro do zero, ocorreu-me uma possibilidade: enquanto acrescento aqui as outras histórias, novas histórias, vou editando as histórias antigas e reelaborando as memórias de acordo com as luzes do tempo que se chama hoje.

Vejamos se vinga.

A seguir, cenas dos capítulos anteriores.

Sejam bem-vindos!

Mi casa, su casa...
 
Copyright 2009 Viviane Zion. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Download Royalty free images without registering at Pixmac.com